Cantora de 21 anos é morta a tiros pelo marido após pedir divórcio

Casada com um idoso de 79 anos, Yrma Lydya havia contatado uma agência de advocacia em abril. Ela relatou ser vítima de violência doméstica

atualizado 28/06/2022 15:50

Yrma Lydya Reprodução

A cantora Yrma Lydya, de 21 anos, foi morta a tiros pelo próprio marido dentro de uma sala privativa em um restaurante japonês na Cidade do México. O episódio ocorreu na última quinta-feira (23/6), de acordo com o jornal britânico The Mirror.

A jovem, casada com Jesus Hernandez, de 79 anos, teria entrado em contato com um escritório de advocacia em abril a fim de se separar do marido. Ela relatou ser vítima de violência doméstica.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Ao grupo de advogados, Yrma, que é conhecida por cantar música folclórica, teria mostrado diversas fotos de seu rosto machucado após ser violentada pelo idoso.

Na quinta, o casal decidiu jantar no Suntory, mas uma briga deixou os ânimos exaltados. Neste momento, Hernandez teria sacado uma arma e atirado três vezes contra a esposa.

Ele tentou fugir do local no momento seguinte, mas foi contido por seguranças. Diante da polícia, o homem tentou subornar os agentes, sem sucesso. Ele acabou preso.

Mais lidas
Últimas notícias