Banheiro de casal explode e fica destruído após raio atingir fossa

O vaso explodiu e pedaços de porcelana voaram como "mísseis". Por sorte, ninguém se feriu

Reprodução/FacebookReprodução/Facebook

atualizado 07/08/2019 8:35

Um casal levou um grande susto no domingo (04/08/2019) após uma explosão no banheiro da casa, em Port Charlotte, Flórida (EUA), causada por um raio que atingiu a fossa séptica da casa, sistema de tratamento de esgoto utilizado na região. Marylou Ward e o marido se preparavam para dormir, quando ouviram um estrondo no cômodo, pouco depois de raios e trovões. Ao entrar no local, viram tudo aos pedaços.

“Foi o barulho mais alto que eu já ouvi. O banheiro foi ao chão”, comentou Ward. O vaso sanitário estava completamente quebrado, assim como as cerâmicas do piso e das paredes. O casal relatou que também sentiu um forte cheiro de fumaça e viu o tanque séptico fumegando no jardim. Até então, eles não sabiam o que havia causado o problema.

Os dois chamaram uma empresa especializada para ajudar a reparar os danos, quando foram informados sobre o que causou a explosão. Segundo os especialistas, os raios atingiram o encanamento e percorreram a tubulação até chegar à fossa. Décadas de acúmulo de matéria fecal fez com que toda a rede de esgoto ficasse repleta de gás metano, gás incolor de alto teor inflamável: o raio funcionou como um “isqueiro”, iniciando a “detonação” nos dutos.

O incidente é considerado muito raro. Marylou Ward e o marido se consideram sortudos por terem escapado ilesos. Além do banheiro, a tempestade destruiu praticamente todos os canos, uma janela do quarto do casal e várias decorações que eles mantinham no quintal. O vaso sanitário “explodiu como uma bomba”, segundo eles, espalhando pedaços de porcelana como mísseis. Alguns pedaços chegaram a penetrar as paredes. A empresa de manutenção disse que fará inspeções ao longo da semana para saber a dimensão do estrago.

O perito em relâmpagos da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), John Jensenius, disse ao jornal Daily Mail que os relâmpagos podem atingir uma pessoa que estiver no banheiro, no chuveiro ou no banho. A energia dos raios pode se conduzir por canos e pela água. A maioria ocorre ao ar livre, mas, uma vez que atingiu um imóvel, o raio pode viajar através de fios de metal, o encanamento e quaisquer barras de metal nas paredes ou no piso. “Uma casa é um lugar seguro para se estar durante uma tempestade, desde que você evite qualquer coisa que conduza eletricidade. Isso significa ficar longe de telefones com fio, eletrodomésticos, fios, cabos de TV, computadores, encanamento, portas de metal e janelas”, explicou.

Últimas notícias