“Assassino do Twitter” assume culpa após matar nove pessoas

O japonês foi levado a julgamento nessa quarta-feira (30/9). Ele utilizava a rede social para atrair pessoas que pediam ajuda

atualizado 01/10/2020 17:05

serial killerReprodução

O jovem Takashiro Shiraishi assumiu a culpa de nove assassinatos durante o primeiro dia de seu julgamento, nessa quarta-feira (30/9). Conhecido como “Assassino do Twitter“, o japonês foi preso em 2017, quando a polícia localizou pedaços de cadáveres na casa dele.

No tribunal, o serial killer afirmou que as acusações contra ele “estão todas corretas”. Ele contrariou os advogados, que queriam pena reduzida para ele.

0

Anteriormente, Shiraishi e os defensores afirmavam que as vítimas pediam para ser assassinadas. Desta forma, o jovem pegaria pena de seis meses a sete anos, alegando ter matado apenas duas pessoas.

No julgamento, porém, o japonês relatou como matou as nove pessoas e deixou a corte chocada. Caso seja condenado, Shiraishi será enforcado.

Os crimes do rapaz começaram após ele abrir um perfil no Twitter com o objetivo de “ajudar pessoas que estão realmente sofrendo”. Ele visava vítimas frágeis e que só queriam ajuda.

Conforme a acusação, o acusado entrava “em contato com as mulheres que pensavam em suicídio, as quais ele via como alvos fáceis”.

Últimas notícias