Arqueólogos encontram bebê de 3.800 anos em uma jarra em Israel

A jarra possivelmente representava um útero – uma forma de proteção para o feto

atualizado 02/01/2021 16:10

Os cientistas não sabem com certeza o porquê do bebê de 3800 anos em uma jarra, em Israel – há suspeitas, como veremos. Mas eles encontraram o bizarro caso em Jaffa, Israel.  Jaffa pertence hoje a Tel Aviv (ou Telavive, no nome aportuguesado).

Jaffa já exerceu grande importância em Israel, e é uma das cidades mais antigas continuamente habitadas do mundo. Desde sua criação, passou por controle hebreu, otomano, grego, bizantino e europeu-cristão, na época das cruzadas. Além disso, possui grande importância bíblica. Mas pela proximidade com Tel Aviv, o governo de Israel as unificou em 1950.

Leia a reportagem completa no site Só Científica, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias