Argentina: deputados aprovam taxação de grandes fortunas

O projeto cria um imposto “extraordinário” para as pessoas que tem patrimônio superior a 200 milhões de pesos (US$ 2,35 milhões)

atualizado 19/11/2020 11:29

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta quarta-feira (18/11) um projeto de lei que estabelece a taxação de grandes fortunas. O texto segue agora o Senado.

O projeto, que contou com 133 votos favoráveis, 115 contrários e duas abstenções, cria um imposto “extraordinário” para as pessoas que tem patrimônio superior a 200 milhões de pesos (US$ 2,35 milhões) com uma taxa progressiva de até 3,5% para ativos na Argentina e até 5,25% sobre bens fora do país.

Leia mais em Blog do Esmael, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias