*
 

Uma história de horror nos Estados Unidos repercutiu no mundo inteiro na última semana. O corpo de um adolescente de 13 anos foi encontrado enterrado em uma rodovia, próximo à sua casa, no estado do Novo México. Segundo a polícia que investiga o caso, o menino, Jeremiah Valencia, foi espancado pelo namorado da mãe, Tracy Pena, de 35 anos, até a morte.

Segundo a imprensa local, o corpo do menino só foi encontrado porque Pena, que está presa por outro crime, contou sobre o assassinato a uma colega de cela. A detenta contou o que ouviu às autoridades e a polícia, então, saiu em busca do garoto.

Reprodução

A polícia do Novo México apurou, durante as investigações, que os dois costumavam trancar o menino no canil de casa durante horas sem dar comida a ele, além de outras formas de tortura. Tracy havia perdido a guarda do menino em 2011 para os avós do garoto por não ter onde morar. As autoridades não sabem em que momento ele passou a viver novamente com a mãe.

O namorado de Tracy, Thomas Fergunson, tem uma extensa lista de acusações. Sua ficha policial inclui alegações de sequestrar, estuprar e bater em outra mulher com quem vivia. Ele assumiu a culpa pelos crimes e cumpriu 16 meses de detenção. Ele também está preso.

A polícia desconfia ainda que o filho de Fergunson, um jovem de 19 anos, também está ligado ao assassinato do adolescente. Eles agora vão investigar se o menino foi abusado sexualmente antes de ser morto. Ele estava desaparecido há meses.

 

 

COMENTE

EUAviolência sexualestupronovo méxico
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo