metropoles.com

Novo decreto proíbe shows e festas com aglomeração no DF

A medida tem objetivo de reduzir a taxa de transmissão da Covid-19 na capital da República, que registra índice acima de 2,06

atualizado

Compartilhar notícia

Matheus Veloso/Especial Metrópoles
Festa
1 de 1 Festa - Foto: Matheus Veloso/Especial Metrópoles

O secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, afirmou, nesta quarta-feira (12/1), que um novo decreto a ser publicado pelo Palácio do Buriti vai proibir a realização de shows, festas e festivais no Distrito Federal com cobrança de ingressos.

A medida anunciada tem o objetivo de reduzir a taxa de transmissão da Covid-19 na capital da República, que registra índice acima de 2,06.

“São medidas que precisam ser tomadas justamente para evitar uma questão mais dura e para que a população tenha consciência. Que todos façam sua parte para que possamos diminuir esses índices de transmissão e voltarmos à normalidade”, disse.

“Então, neste momento, fica suspensa, no âmbito do Distrito Federal, a realização de eventos, shows, festivais e afins. Também se enquadram neste artigo, os eventos realizados em casas e estabelecimentos de festas que promovam a venda de ingressos ou cobrança de qualquer valor a título de contribuição dos convidados, ainda que o valor seja revertido em consumação”, explicou.

O decreto será publicado ainda nesta quarta-feira, em edição extra do Diário Oficial (DODF). A determinação passa a valer a partir do momento da publicação e já atinge eventos marcados para este fim de semana.

Covid-19: o que se sabe sobre a variante Ômicron até o momento:

0

Taxa de transmissão

A preocupação das autoridades do DF é explicada pela velocidade do crescimento da taxa de transmissão do coronavírus, que  subiu pela sexta vez seguida em uma semana nessa terça-feira (11/1) e chegou a 2,06. Isso significa que uma pessoa infectada pela Covid-19 transmite o vírus para, pelo menos, outras duas.

Essa foi uma das taxas mais altas já registradas em Brasília. O recorde aconteceu no início da pandemia, em março de 2020, quando ainda não havia distanciamento social. À época, o indicador chegou a 2,61.

Veja o gráfico da evolução da taxa de transmissão ao longo do tempo:

gráfico mostra curva acentuado no final

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações