Fraga critica Exército por demora em requisição sobre tiros esportivos

Ex-deputado federal e coronel da reserva da PMDF afirmou que, minimamente, cada requerimento leva 6 meses para ser respondido pela força

atualizado 24/05/2022 16:23

Entrevista com Alberto Fraga Hugo Barreto/Metrópoles

O ex-deputado federal Alberto Fraga (PL) criticou, nesta terça-feira (24/5), a demora do Exército Brasileiro em responder requerimentos sobre aquisição de armas de fogo.

Coronel da reserva da Polícia Militar (PMDF), Fraga afirmou ao Metrópoles que, atualmente, cada requerimento demora minimamente 6 meses para ser respondido pela força de segurança nacional.

“Não sei o que está ocorrendo com os requerimentos feitos ao Exército Brasileiro sobre a aquisição de armas de fogo. Antes a resposta era rápida, hj está demorando em torno de 3 meses. Os CACs [caçadores, atiradores e colecionadores registrados] estão sendo penalizados com essa demora! Algo precisa ser feito!”, criticou.

Fraga lembra que o posicionamento é específico para uso esportivo, e não sobre o porte de armas – quando o processo precisa ser mais fiscalizado.

“A Comissão de Segurança está questionando o departamento de fiscalização do Exército para saber sobre essa letargia. Falo apenas de uma resposta, que demora cerca de 6 meses. Se precisarmos de outra informação, serão mais 6 meses? Isso é aceitável?”, questionou.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Veja a publicação:

Mais lidas
Últimas notícias