Bolsonaro evita imprensa ao voltar para o Palácio da Alvorada

Presidente não respondeu perguntas sobre a situação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

atualizado 06/04/2020 20:06

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não tem decepcionado os seguidores que o esperam sair e entrar do Palácio da Alvorada, sua residência oficial mas, na noite desta segunda (06/04), o contato foi bem mais rápido do que o que ocorre normalmente.

Logo após reunião ministerial que fechou um dia de grande tensão no primeiro escalão, com dúvidas sobre a permanência do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Bolsonaro não discursou aos fãs e ouviu o grupo de pessoas (menos de 15) por cerca de um minuto e meio.

O presidente desceu de seu carro oficial no ponto em que já estava quase passando pelo portão, o mais longe possível da imprensa.

E, também diferente do comportamento cotidiano, Bolsonaro sequer acenou e agradeceu aos jornalistas. O presidente entrou no carro enquanto alguns repórteres tentavam gritar perguntas sobre Mandetta.

Ao deixar o local, os apoiadores comentaram que acharam tenso o semblante do presidente. “Muita coisa em cima dele”, lamentou uma idosa.

Últimas notícias