Maurício Souza, do vôlei, processa Casagrande e a Globo

Acusado de homofobia, atleta pede valor milionário por “dano de difícil reparação e exposição”

atualizado 29/09/2022 10:30

Maurício Souza em vídeo nas redes sociais Reprodução/Instagram

O jogador de vôlei Maurício Souza está processando o ex-jogador e comentarista Walter Casagrande e o Grupo Globo por “dano de difícil reparação e exposição em programa de TV esportivo com grande audiência”. Na ação, aberta na 2ª Vara Cível da Comarca de Iturama (MG), o atleta pede uma indenização por danos morais de quase R$ 5 milhões. As informações são do jornalista Matheus Baldi.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Segundo a assessoria jurídica de Maurício, o jogador foi acusado por Casagrande, ex-comentarista da Globo e dos canais SporTV, de “homofobia, entre outras condutas e posturas que não fazem parte de quem ele é”. Além da indenização, ele pede direito de resposta na SporTV.

A polêmica

Em outubro do ano passado, Maurício Souza utilizou suas redes sociais para criticar uma nova história do Superman, que revelava que Joe Kent, atual jornalista que vive o super-herói, é bissexual.

O jogador de vôlei recebeu bastante apoio por sua visão, mas também foi amplamente criticado, chegando a ser afastado do clube que defendia, o Minas.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias