Destaque do Brasil, Gabi pede atenção com Polônia na Liga das Nações

Equipes já se enfrentaram na competição e europeias saíram com a vitória. Brasileiras ficaram em 3º na primeira fase da competição

Twitter/ReproduçãoTwitter/Reprodução

atualizado 01/07/2019 12:51

Terceira colocada na fase classificatória da Liga das Nações, a Seleção Brasileira feminina vai abrir a sua participação no torneio contra um adversário que a derrotou na competição: a Polônia. As equipes vão duelar na quinta-feira (04/07/2019), às 4h, em Nanquim, na China, com a ponteira Gabi tendo destacado as dificuldades que a equipe nacional terá nesse confronto, assim como no segundo da sua chave, no dia seguinte, contra os Estados Unidos.

“A expectativa para a fase final é muito grande. Vamos fazer o primeiro jogo dessa etapa decisiva contra a Polônia que nos venceu na fase classificatória. Estamos focadas nessa partida. É um grupo difícil porque os Estados Unidos também têm muita qualidade. São equipes que jogam com agressividade e velocidade. Esse primeiro jogo será um grande teste, mas crescemos muito ao longo da competição. Estamos bem entrosadas e vamos lutar por essa classificação para a semifinal”, afirmou.

Gabi, aos 25 anos, é um dos trunfos da seleção para brigar pelo título da Liga das Nações. Afinal, a ponteira vem liderando a equipe, tendo a melhor recepção da competição, com 30,46% de aproveitamento, o terceiro melhor ataque, com 46,33% de sucesso, e sendo a quarta maior pontuadora, com 234 pontos.

“É um momento especial. Consegui fazer uma boa fase de classificação lutando pela regularidade junto com o grupo. Busco mais responsabilidade e nos momentos decisivos tenho sido mais acionada. Isso serviu para o meu crescimento e fico muito feliz de participar desse grupo que busca o seu espaço. Espero poder aproveitar as oportunidades e a fase final é o momento de mostrar esse crescimento”, disse.

O brilho de Gabi na Liga das Nações se dá após uma temporada de sucesso na temporada dos clubes, com a conquista do título da Superliga com o Minas. A ponteira também definiu o seu futuro ao acertar a transferência para o Vakifbank, da Turquia, o atual campeão mundial.

“Tudo aconteceu muito rápido na minha carreira. Esse ano tive uma temporada espetacular no Itambé/Minas onde conseguimos ganhar a maioria das competições e ficamos com o vice-campeonato do Mundial de Clubes. Agora vou viver uma experiência diferente e estou realizando o sonho de jogar fora do país. Já tinha esse planejamento. Vou ter a oportunidade de jogar com algumas das melhores jogadoras do mundo em uma equipe muito forte. Então, também uso esse momento na Liga das Nações como preparação para os meus próximos desafios”, explicou.

Além de Gabi, o técnico José Roberto Guimarães também conta com as levantadoras Macris e Roberta, as opostas Paula Borgo e Lorenne, as ponteiras Natália, Amanda e Tainara, as centrais Carol, Bia, Mara e Mayany e as líberos Léia e Natinha para a disputa da fase final da Liga das Nações.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo77
W D W W W
2Palmeiras67
W W W W D
3Santos64
D W W W W
4Grêmio56
W W W W W
5São Paulo52
W L W L L
6Athletico-PR50
W D W D W
7Internacional49
W D L L W
8Corinthians49
D L L W D
9Bahia43
L L D D L
10Goiás42
L D W L L
11Vasco42
D L D L W
12Atlético-MG40
L L D W D
13Fortaleza39
D W D L W
14Botafogo36
L L L L W
15Ceará36
D W L W L
16Cruzeiro35
D W D D D
17Fluminense34
D L D W L
18CSA29
L W L L L
19Chapecoense22
D W L D L
20Avaí17
L L L L L
Últimas notícias