Thiago Paulino é ouro no arremesso de peso; Marco Aurélio fica com o bronze

Brasileiros brilham na prova e fazem a dobradinha brasileira no pódio da modalidade

atualizado 03/09/2021 10:15

Carmen Mandato/Getty Images

O arremesso de peso nas Paralimpíadas de Tóquio é verde e amarelo. Thiago Paulino se sagrou bicampeão paralímpico e Marcos Aurélio Borges ficou com a medalha de bronze. Os dois brasileiros brilharam na prova desta sexta-feira (3/9) e subiram, juntos, ao pódio. O chinês Guishan Wu ficou com a prata.

A disputa foi cheia de quebra de recordes. Marcos Aurélio foi o primeiro dos três a competir. Com um arremesso de 14,85, ele estabeleceu a marca paralímpica e assumiu a liderança da prova. Pouco depois, Wu foi para as suas tentativas e aumentou essa distância para 15m, ficando, de maneira parcial, com a medalha de ouro.

Mas ainda tinha Thiago Paulino. Ele é dono da melhor marca do mundo na categoria e, com isso, se credenciou como o favorito à medalha de ouro. E o atleta confirmou toda a aposta no seu jogo logo no segundo arremesso. Se no primeiro ele já tinha entrado no pódio, com 14,77m, o segundo já garantiu o título, além do recorde Paralímpico, com 15,10m. Emocionado, o brasileiro queimou a terceira e a quarta tentativa e nem foi para a quinta.

Essa foi a 21ª medalha de ouro do Brasil, que já iguala a campanha de Londres-2012, a melhor da história verde e amarela no megaevento.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias