Medalha de ouro, Olimpíadas

Com 21 medalhas em Tóquio, Brasil quebra rara escrita de ex-anfitriões

Com 21 medalhas garantidas, o Brasil faz a melhor participação na história dos Jogos Olímpicos

atualizado 08/08/2021 12:20

Medalha de ouro, OlimpíadasReprodução/ Shutterstock

Desde 1986, é comum que o país ex-anfitrião não supere suas conquistas na Olimpíada seguinte. Somente a Grã-Bretanha, em 2016, havia superado a escrita. Nesta madrugada, 5/8, com a medalha de prata de Pedro Barros no skate park, o Brasil igualou os pódios de 2016, quando foi sede.

Com três medalhas já garantidas, visto que o país verde e amarelo está na final do futebol masculino e em duas categorias do boxe, com Beatriz Ferreira e Hebert Conceição, o número de premiações já chegou a 19, a mesma do que cinco anos atrás no Rio de Janeiro.

E esse retrospecto pode ser ainda melhor. As seleções de vôlei, tanto a masculina, quanto a feminina, ainda estão na briga por medalhas, assim como na canoagem, com Isaquías Queiroz, e no atletismo.

Somente a Grã-Bretanha, em 2016, ultrapassou o número de medalhas que obteve quando foi anfitriã, em 2012. Na ocasião, em Londres, o comitê chegou a 65 pódios. Já no Brasil, foi ainda melhor, com 67.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias