Thiago Wild faz história e conquista o ATP 250 de Santiago

Paranaense de 19 anos supera a lenda Gustavo Kuerten ao se tornar brasileiro mais jovem a conquistar torneio da série ATP

atualizado 01/03/2020 22:15

Divulgação

O domingo (01/03) foi de festa para o tênis brasileiro. Isso porque o paranaense Thiago Wild, de 19 anos, se tornou o mais jovem tenista do país a conquistar um torneio de nível ATP. A façanha foi alcançada nesta tarde, na decisão do ATP de Santiago. O atleta bateu o dinamarquês Casper Ruud por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 6/3, em pouco mais de duas horas de partida.

Com a conquista, Wild aparecerá próximo ao Top 100 do ranking mundial na lista que será divulgada nesta segunda-feira (02/03): ele ocupará o 113º posto, o melhor da carreira até o momento.

Para se ter uma ideia do tamanho da conquista de Wild, ele deixou para trás ninguém menos que Gustavo Kuerten. Maior tenista da história do Brasil, Guga havia vencido um torneio que não era challenger ou future aos 20 anos, quando levantou o troféu de Roland Garros.

Antes de entrar na chave principal de Santiago, Wild possuía apenas duas vitórias em nível ATP. Ele já havia feito uma boa campanha no Rio Open, na última semana, quando foi eliminado após uma dura batalha diante do croata Borna Coric, cabeça de chave número 5 da competição.

Além dos feitos, o triunfo de Wild nesse domingo coloca para trás algumas outras marcas: desde 2015 um brasileiro não conquistava um torneio da série ATP. O último havia sido o paulista Thomaz Bellucci, em Genebra, na Suíça. E 2017 havia sido a última ocasião até então que um tenista com menos de 20 anos não conquistava um título de ATP.

A conquista foi ainda mais doce para Thiago Wild em termos de ranking: ele iniciara a competição na 182ª posição na lista dos melhores tenistas do mundo. Agora, ele concluirá um importante salto de nada menos que 69 posições, ocupando, nesta segunda-feira, a 113ª colocação.

Vídeos
Últimas notícias