Djokovic vence Fritz e segue em busca do 6º título do ATP Finals

Mesmo sem estar em sua melhor versão no confronto, Novak Djokovic conquista vaga na decisão com a vitória sobre Taylor Fritz

atualizado 19/11/2022 12:54

Novak Djokovic no ATP Finals - MEtrópoles Valerio Pennicino/Getty Images

Sem estar em sua melhor versão na manhã deste sábado, Djokovic provou mais uma vez ser um dos grandes do tênis. O sérvio segue em busca ao sexto título do ATP Finals ao derrotar o americano Taylor Fritz por 2 sets a 0, parciais de 6 (7)/ 6(5) e 6 (8) / 6 (6), e garantiu uma vaga na grande decisão, em 1h53 minutos de partida.

Com a vitória sobre Fritz, Djokovic garantiu, pelo menos, uma sexta colocação no ranking do ATP. Ele iniciou o torneio em oitavo. A meta, no entanto, é chegar ao recorde de Roger Federer, que tem seis títulos do ATP Finals. A última vez que o sérvio foi campeão aconteceu em 2015.

A final do torneio será neste domingo (20/11), às 15h. O adversário de Djokovic sairá do confronto entre o norueguês Casper Ruud e o russo Andrey Rublev, que se enfrentarão ainda neste sábado.

“É muito importante para mim estar em uma final depois de sete anos. Diante de um grande sacador como Fritz, todo ponto é importante. É muito motivador para mim poder atuar na frente da família e comemorar com os filhos. Tudo isso serve apenas para me motivar ainda mais”, falou o sérvio.

Com quase 1h de duração, o primeiro set fez jus aos nomes que estiveram em quadra. Enquanto Taylor Fritz explorava o saque, tendo confirmado sete Aces, Djokovic, que sofreu nas devoluções – um de seus talentos -, mostrava o motivo que o faz ser um dos melhores do mundo do esporte há anos.

O sérvio foi o pivô de grandes lances e aproveitou o seu primeiro Set Point para confirmar a vitória no tie-break por 6 (7)/6 (5). Cada atleta conseguiu uma quebra de serviço, em um duelo extremamente equilibrado. No primeiro set, Djokovic conseguiu fazer 44 pontos, contra 36 do americano.

No segundo set, Djokovic voltou desligado, o que facilitou a quebra de serviço de Fritz logo de cara. O americano aproveitou o bom momento para abrir 3 x 1, mas não se pode menosprezar o sérvio. Ele se recuperou dentro da partida, e conseguiu levá-la para mais um tie-break.

Assim como os dois primeiros sets, o tie-break foi disputadíssimo e chegou a estar empatado por 5 x 5, com direito a um rally impressionante no quinto ponto do americano, que conseguiu evitar o primeiro match-point de Djokovic ao levar o duelo para o 6 x 6.

Mas o dia era realmente de Djokovic. O sérvio não deixou Fritz se impor no final e confirmou os dois últimos pontos para confirmar a vaga na final. Após o término, ainda comemorou ao lado dos filhos.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias