Com “pneu”, Nadal arrasa boliviano no Aberto da Austrália

Atual vice-campeão em Melbourne, o espanhol derrotou Hugo Dellien pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/0

Chaz Niell/Getty ImagesChaz Niell/Getty Images

atualizado 21/01/2020 10:32

Sem sustos, o espanhol Rafael Nadal estreou com vitória no Aberto da Austrália, nesta terça-feira (21/01/2020), em dia sem chuvas e de programação normal – na segunda, 32 partidas foram adiadas em razão do mau tempo. O número 1 do mundo, e atual vice-campeão em Melbourne, derrotou o boliviano Hugo Dellien com direito a um “pneu”, pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/0, em 2h02min de duelo.

Franco favorito contra o 73º do ranking, Nadal terminou o jogo com 38 bolas vencedoras, contra 15 do rival. E 21 erros não forçados, contra 34 do sul-americano. No entanto, foi irregular no saque. Foram cinco aces e o mesmo número de duplas faltas. Além disso, faturou oito quebras de serviço, em 18 chances. O espanhol sofreu duas quebras na partida.

Na segunda rodada, o tenista da Espanha vai encarar o argentino Federico Delbonis, que avançou na chave ao superar o português João Sousa também por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (7/2).

Líder do ranking, Nadal busca em Melbourne seu segundo título do Aberto da Austrália e o 20º de Grand Slam. Se isso acontecer, o espanhol vai igualar o recorde do suíço Roger Federer. No entanto, ele diz que este não é o seu foco.

“Eu não ligo para ter 20, 15 ou 16 títulos. Eu ligo apenas para continuar tentando, curtindo a minha carreira no tênis. Eu não estabeleci a meta de chegar a 20. Se eu alcançar, será fantástico. Se chegar a 21, melhor ainda. Se eu mantiver os 19, estarei super feliz por tudo que fiz na minha carreira. Eu não penso muito no futuro”, declarou.

Últimas notícias