Atual campeã, Svitolina bate Halep e avança no WTA Finals

Essa foi a segunda vitória em dois jogos da oitava colocada do ranking mundial no importante evento realizado em quadras duras

atualizado 30/10/2019 15:15

Clive Brunskill/Getty Images

Atual campeã do WTA Finals, a ucraniana Elina Svitolina garantiu vaga na próxima fase desta edição da competição que reúne as oito melhores tenistas da temporada ao vencer a romena Simona Halep por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, nesta quarta-feira (30/10/2019), em Shenzhen, na China, pela segunda rodada do Grupo Roxo do torneio.

Essa foi a segunda vitória em dois jogos da oitava colocada do ranking mundial no importante evento realizado em quadras duras. Na última segunda-feira, ela havia estreado com um triunfo sobre a checa Karolina Pliskova, vice-líder da WTA, também superada em sets diretos.

Assim, Svitolina se isolou na liderança deste Grupo Roxo, cuja segunda rodada foi fechada nesta quarta com Pliskova conquistando a sua primeira vitória. Após superar a canadense Bianca Andreescu, quarta colocada do ranking, por 6/3 no primeiro set, ela contou com a desistência da adversária, por motivo de uma lesão no joelho esquerdo, sofrida quando sua oponente liderava a parcial inicial por 2/0. Andreescu chegou a solicitar atendimento médico e conseguiu jogar até o final do set, mas depois se viu obrigada a abandonar ao não suportar as dores no joelho.

Na segunda-feira, a tenista do Canadá havia amargado uma outra decepção ao ser derrotada por Halep, a tenista número 5 do mundo, por 2 sets a 1, em um jogo no qual não conseguiu aproveitar um match point cedido pela romena.

E como Pliskova e Halep, com uma vitória cada uma até aqui, travarão um confronto direto na sexta-feira (01/11/2019) pela última vaga deste último Grupo Roxo nas semifinais, Andreescu no máximo poderá cumprir tabela no jogo que deverá fazer com Svitolina no mesmo dia. Como ela já está eliminada da luta para avançar à próxima fase e se lesionou nesta quarta, não está descartada a possibilidade de a canadense desistir de disputar este duelo com a ucraniana pela rodada derradeira desta chave.

Primeira a assegurar lugar na próxima fase do WTA Finals, Svitolina também é a única tenista que chegou a esta edição do torneio sem ter conquistado nenhum título nesta temporada. E o triunfo desta quarta-feira teve um sabor especial também pelo fato de que neste ano ela foi eliminada por Halep nas semifinais do Torneio de Doha e do Grand Slam de Wimbledon. No retrospecto geral, a ucraniana agora acumula cinco vitórias e quatro derrotas em nove jogos com a romena na elite profissional feminina.

Grupo Vermelho
Nesta quinta-feira, na China, dois jogos encerrarão o Grupo Vermelho do WTA Finals e definirão também duas classificadas às semifinais. Líder do ranking mundial e com a sua permanência topo já garantida até o término do ano, a australiana Ashleigh Barty enfrenta a checa Petra Kvitova, sexta colocada do ranking, às 7h30 (de Brasília), no primeiro embate do dia. Em seguida, não antes das 9h, a suíça Belinda Bencic, sétima tenista do mundo, vai encarar a holandesa Kiki Bertens, a 10ª tenista da WTA.

Bertens estreou direto na segunda rodada da competição como substituta de última hora da japonesa Naomi Osaka, que desistiu do torneio na última terça-feira por motivo de lesão. E a tenista da Holanda fez bonito ao superar Barty por 2 sets a 1. Já Bencic impôs à Kvitova no mesmo dia a segunda derrota da checa em dois jogos neste WTA Finals, mas mesmo assim a número 6 do mundo ainda tem chances de avançar à próxima fase.

Vídeos
Últimas notícias