Pan-Americano: Flávia Saraiva conquista bronze na ginástica artística

Os desempenhos no salto sobre cavalo e no solo levaram a brasileira ao mesmo resultado de Toronto 2015

atualizado 29/07/2019 19:05

Ricardo Bufolin/CBG

Com grande desempenho no salto sobre o cavalo (14.150) e no solo (13.900), a baixinha Flávia Saraiva conquistou o bronze no individual geral na ginástica artística nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 nesta segunda-feira (29/07/2019). Flavinha só foi superada pela norte-americana Riley McCusker, segunda colocada, e pela canadense Ellie Black, que faturou o bicampeonato.

Thaís Fidelis, a outra brasileira na final individual, terminou na sexta colocação.

A pontuação no solo serviu para que Flavinha passasse a americana Kara Eaker que chegou à última rotação com um ponto a mais que a brasileira. Os 13.900 foram a maior nota do dia no aparelho. No somatório, a ginasta brasileira alcançou 54.350 contra 55.250 de Ellie Black e 55.125 de Riley McCusker.

“A gente faz contas, mas eu foco mais em mim. Eu só gosto de ver o placar no final. Aí deu um alívio. É muito gratificante. Tudo valeu a pena. Gostei da competição, mas sei que posso fazer um pouco mais. Sempre nos cobramos para fazer melhor. A gente gosta de fazer tudo perfeito”, disse Flavinha, em entrevista ao SporTV, logo após a conquista da medalha de bronze.

Ela ainda volta ao Ginásio Villa El Salvador na quarta-feira (31/07/2019), a partir das 15h (de Brasília), para disputar as finais da trave e do solo. Thaís também disputa a decisão do solo.

Flávia Saraiva é atleta mais baixa da delegação do Time Brasil com 1,45m de altura.

(Com informações do COB)

Vídeos
Últimas notícias