Lutador é preso por violência doméstica e é demitido pelo UFC

Luis Peña fazia parte dos leves da organização de Dana White e teve o contrato rescindido após nova prisão pela mesma acusação

atualizado 13/10/2021 17:15

Twitter/Reprodução

Mais um lutador ligado ao UFC foi preso por acusação de violência doméstica. Luis Peña fazia parte dos pesos leves da organização e foi demitido pelo evento.

O UFC afirmou que sabia dos problemas de Peña fora do octógono e que optou pelo encerramento do vínculo com o lutador. Peña já havia sido preso pelo mesma acusação e desta vez é acusado de agredir duas mulheres. O lutador foi solto mediante pagamento de fiança de 6 mil dólares.

Dana White, presidente do UFC, se manifestou sobre o caso. “Este era um caso ruim e sabíamos que ele tinha problemas antes, e estávamos tentando ajudar o Luis. Sim, foi algo bem desagradável, não sei se vocês leram o relatório do caso, mas isso tinha que acontecer”, disse.

Luis Peña lutava nos leves da organização e teve um cartel de oito lutas, com cinco vitórias e três derrotas. O lutador ingressou no UFC em 2018.

Vídeos
Últimas notícias