Zagueiro do Santos pede para não enfrentar o Grêmio após negociação melar

Defensor negociava com o Benfica, de Jorge Jesus, e negociação não andou. Treinador foi a público reclamar do negócio

atualizado 08/12/2020 9:33

Lucas Veríssimo comemorando gol ao lado de SoteldoJOTA ERRE/ESTADÃO CONTEÚDO

Nessa segunda-feira (7/12), o técnico Jorge Jesus foi a público criticar a forma como os clubes brasileiros negociam jogadores. Segundo ele, há “20 ou 30 pessoas que mandam mais que o presidente” e atrapalham as tratativas para contratação de atletas.

Jesus se refere ao Santos e à tentativa do Benfica, clube que é treinador, de tentar contar com o futebol do zagueiro Lucas Veríssimo. E o jogador também não está satisfeito com a forma como a negociação foi tratada e pediu para não entrar em campo contra o Grêmio, adversário desta quarta-feira (9/12) pela Libertadores.

O pedido foi feito diretamente ao técnico Cuca, o que pegou o treinador de surpresa. Mesmo em negociação com o time português, o jogador entrou em campo normalmente nos dois jogos das oitavas de final contra a LDU, quando a equipe santista avançou às quartas para enfrentar o clube gaúcho.

A notícia também pegou a direção de surpresa e não caiu bem na alta cúpula do Santos. Os cartolas têm medo de que a ausência do jogador em campo prejudique a equipe.

Santos e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira (9/12) às 19h15. O time paulista abre as quartas de final em casa.

Vídeos
Últimas notícias