Veja: ex-capitão da Rússia tem momento de fúria e agride árbitro em pelada

Roman Shirokov, de 39 anos, defendeu a Seleção na Euro de 2016 e foi condenado a pagar multa e prestar serviços comunitários

atualizado 27/12/2020 9:45

Roman ShirokovGetty Images / Dean Mouhtaropoulos / Equipe

Roman Shirokov, ex-capitão da Seleção da Rússia, por pouco não foi preso por um momento de explosão. Em uma partida amistosa entre amigos, o ex-jogador russo teve um momento de fúria e agrediu o juiz do jogo entre veteranos.

Shirokov perdeu as estribeiras quando o árbitro não marcou um pênalti para sua equipe e partiu para cima do juiz com socos e pontapés. Veja:

Pela agressão, Shirokov foi condenado a 100 horas de serviço comunitário e pagará uma multa de 1100 euros, aproximadamente R$ 7 mil. O juiz do jogo foi hospitalizado por três semanas. Shirokov defendeu a Seleção da Rússia na Euro de 2008 e vestiu a camisa de clubes russos como CSKA e Zenit.

Vídeos
Últimas notícias