Vasco é recebido em Brasília com festa contida e apoio a Tiago Reis

Nascido na capital, o atacante poderá jogar pela primeira vez na cidade. A família Reis estava no aeroporto

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 16/08/2019 10:16

Por volta das 17h desta quinta-feira (15/08/2019) o Vasco pousou em Brasília para a partida do próximo sábado (17/08/2019), que será no Mané Garrincha, contra o Flamengo, às 19h. Cerca de 30 torcedores receberam o time. A quantidade era pouca, mas o barulho era muito. Antes da aparição dos jogadores, houve muita animação.

Pai e filho, Paulo César Lima e Guilherme Lima, chegaram ao Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek às 14h para esperar a chegada do time. “Sabia do horário, porque vi no jornal, mas resolvi vir antes”, explicou Paulo, que saiu do trabalho e foi direto vestindo a camisa cruzmaltina.

Os dois já estão com os ingressos comprados para o jogo e têm expectativas divergentes. Guilherme acredita que um empate será lucro para o Gigante da Colina e reconhece que o elenco rubro-negro é melhor. Paulo está confiante e diz que o time está embalado pela última vitória sobre o Goiás, no último domingo (11/08/2019), por 1 x 0, e vai levar mais 3 pontos.

Instantes antes dos jogadores aparecerem no saguão, enquanto outros passageiros saiam, um individuo teve azar ao escolher a roupa que viajaria e passou na frente dos torcedores do Vasco com um casaco do Flamengo. Os vascaínos não perdoaram, vaiaram e cantaram a música da torcida especial para o rival: “Mulambo me diz como se sente…”. O rubro-negro seguiu andando em paz e nada demais aconteceu. Os cruzmaltinos aproveitaram a deixa e continuaram o repertório em “homenagem” ao rival.

Chegada tranquila
A quantidade de torcedores presentes não exigiu muito da equipe de segurança do aeroporto. Os jogadores ensaiaram driblar a torcida fingindo que iam sair pelo lado esquerdo, fazendo jogo de corpo para direita e voltando para a esquerda novamente, mas os torcedores estavam de olho no lance e conseguiram tirar algumas selfies e mandar mensagens de incentivo aos atletas.

Fernando Castán, capitão da equipe, foi um dos mais assediados com gritos de “é o melhor zagueiro do Brasil”. O atacante brasiliense Tiago Reis recebeu um carinho especial dos torcedores e da família que estava em peso para recepcioná-lo.

“É muito gratificante jogar em casa, sempre foi o meu sonho. Minha família está toda presente e só tenho que agradecer a Deus, a Nossa Senhora e ao carinho da torcida”, comentou Tiago. Ainda afirmou que tem chances de estar entre os titulares. “Estou muito concentrado para o jogo e confiante na nossa vitória.”

Os pais do jogador, de apenas 20 anos, estiveram no Rio de Janeiro na última semana para ficar com o filho antes do aniversário dele, que foi nessa quarta-feira (14/08/2019), mas tiveram de voltar para casa para a formatura do irmão de Tiago, Gabriel.

“A gente tem pouco tempo com ele. Depois que começou a carreira, ele ficou pouco tempo em Brasília. Graças a Deus ele está no Vasco, que é uma grande equipe, deu muita oportunidade para ele, tem uma história linda no futebol e é lá que meu filho tem que estar mesmo”, apoiou o pai Edvaldo.

Esta será a primeira vez que Tiago jogará na cidade que nasceu e a mãe dele, Janaína, garantiu que ele é tranquilo e não está nervoso por jogar em casa, literalmente.

Últimas notícias