Torcedor do City corre risco de morte após ser agredido na Bélgica

O ataque ocorreu por volta das 22h40 (horário local) em uma área de descanso de uma rodovia em Tronchiennes

atualizado 20/10/2021 13:18

Torcedores do Manchester CityANP Sport via Getty Images

Um torcedor belga do Manchester City corre risco de morte depois de ter sido violentamente agredido por adeptos do Brugge na terça-feira (19/10) após o confronto entre as equipes pela Liga dos Campeões da Europa, vencido por 5 x 1 pelo time inglês. Cinco pessoas foram presas no âmbito da investigação, disse a acusação em um comunicado oficial.

Segundo as primeiras informações divulgadas pela investigação, o ataque ocorreu por volta das 22h40 (horário local) em uma área de descanso de uma rodovia em Tronchiennes, perto da cidade portuária de Gante. A vítima, um homem de 63 anos de Ninove, tentava recuperar um lenço com as cores do Manchester City que tinha sido roubado por um dos suspeitos quando houve a agressão

O filho da vítima, que faz parte do “Blue Moon Belgium” — associação de torcedores do Manchester City na Bélgica, formada pelo astro belga Kevin De Bruyne — relatou que seu pai havia sido “deixado para morrer” após o ataque. No Facebook, o grupo publicou uma mensagem dizendo que “foi vítima de violência sem sentido”, falando de um ataque sem precedentes a um de seus membros.

Em seu site, o Brugge disse “desaprovar fortemente qualquer ato de violência, tanto dentro como fora do estádio. Nossos pensamentos para a família e amigos do torcedor do Manchester City”, escreveu o clube campeão belga.

Com os resultados da rodada, a terceira da fase de grupos, o Brugge caiu para a terceira colocação do Grupo A, com quatro pontos. O Manchester City é o segundo colocado da chave, com 6, um a menos que o líder Paris Saint-Germain. O lanterna RB Leipzig, da Alemanha, ainda não pontuou.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias