Tite se emociona com netos e consola Aracruz: “Todo o meu conforto”

Em coletiva, treinador da Seleção Brasileira também condenou o "rodízio de faltas" feito em Neymar e outras grandes estrelas

atualizado 27/11/2022 10:15

Mohamed Farag/2022 Getty Images

Doha (Catar) – Como tem sido seu hábito durante a Copa do Mundo do Catar, Tite não revelou muito sobre quem serão os substitutos de Neymar e Danilo que enfrentarão a Suíça, nesta segunda-feira (28/11), no estádio 974. Em coletiva de imprensa neste domingo, o comandante da Seleção Brasileira exaltou a dedicação da dupla e fez um mea culpa em relação às suas lesões, reafirmando ainda acreditar que ambos se recuperarão para jogar o Mundial.

“Eu não vi que o Neymar estava lesionado. Ele permaneceu em campo e foi importante na jogada do nosso primeiro gol. Em relação ao Danilo, eu poderia ter feito uma substituição a mais. O que eles fizeram (contra a Sérvia) transcende o lado humano, não estou falando de vencer. Meu reconhecimento público aos dois. Vai além do futebol. E isso o Adenor premia”, elogiou.

Tite também reclamou sobre o “rodízio de faltas” feito em Neymar e outras grandes estrelas da Copa. É um fato. “Se nós queremos premiar o espetáculo, nós temos que tomar cuidado. Rodízio de falta fica evidente contra todos os grandes astros. Isso é fato e deve ser coibido”, reclamou.

Aracruz

Em momento emotivo da coletiva, Tite se emocionou ao mandar uma mensagem de apoio a Aracruz e lembrar de sua família e dos netos. “O esporte nos proporciona coisas muito bonitas. Minha família estava voltando do jogo, de metrô. Meus netos são pesadinhos, então, um árabe se ofereceu para ajudar e pegou meu neto no colo e carregou. Eu gostaria de conhecer essa pessoa. Isso demonstra um senso de solidariedade, que transcende o futebol”, contou, com a voz embargada.

“Claro que queremos ganhar. Mas é possível fazer do esporte também um meio de confraternização, de respeito. Por isso, toda a minha solidariedade, meu apreço, meu lado humano. Meu lado Adenor está disponível para confortar essas pessoas que sofreram essa tragédia em Aracruz”.

Na última sexta-feira, um adolescente abriu fogo contra alunos e professores em duas escolas da região de Aracruz, no Espírito Santo. Até o momento, o ataque resultou na morte de quatro pessoas e 12 feridos. O assassino foi detido e, segundo a Polícia Civil, ele irá responder por ato infracional análogo a quatro homicídios e nove tentativas de homicídio qualificadas.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias