“Temos que pedir desculpas”, diz Domènec após vexame do Flamengo

O treinador espanhol reconheceu a atuação abaixo do esperado, mas evitou falar em pressão e possível demissão em caso de novo tropeço

atualizado 18/09/2020 10:48

Domènec Torrent em treino do FlamengoAlexandre Vidal/Flamengo

Pressionado neste início de trabalho no Flamengo, o técnico Domènec Torrent reconheceu o vexame em Quito. Apesar de defender o primeiro tempo da equipe em Quito, o treinador admitiu que a goleada por 5 x 0 não condiz com o elenco rubro-negro e pediu desculpas pela apresentação diante do Independiente del Valle.

“Jogamos mais ordenados no primeiro tempo, por isso só marcaram um gol. Tivemos algumas chances nos contra-ataques. Na segunda parte tentamos marcar mais em cima, mas eles jogam muito bem quando têm espaços. É uma derrota muito dolorida, mas são três pontos. Temos que pedir desculpas aos torcedores”, afirmou o técnico do Flamengo, em entrevista coletiva após o jogo.

Ciente de que o aproveitamento à frente do Flamengo não é bom e de que a pressão tem aumentado por melhor desempenho, Dome evitou falar em possível demissão em caso de nova derrota. “Não sei. Vou trabalhar duro. Quando ganha, todos estão felizes. Quando perde… A derrota por 5 x 0 é dolorosa. Eu e os jogadores estamos focados. Se quiser falar disso (demissão), tem que ser com outras pessoas, não comigo”, minimizou.

Contratado pelo Flamengo em agosto, Dome tem 11 jogos no comando do time, com 5 vitórias, 2 empates e 4 derrotas – 51,5% de aproveitamento.

Vídeos
Últimas notícias