Racismo contra Marinho: comentarista revela que tinha grupo chamado “senzala”

Fabio Benedetti foi demitido da Energia 97FM após ter associado a palavra senzala ao jogador do Santos

atualizado 04/08/2020 16:31

Ivan Storti/Santos FC

O chef e comentarista Fabio Benedetti tentou se explicar sobre o comentário racista que fez em relação a Marinho, após ele ter sido expulso durante o duelo contra a Ponte Preta, na semana passada. Segundo ele, foi uma referência a um grupo de WhatsApp do qual fazia parte com amigos.

“Eu participava de um grupo de WhatsApp com muitas pessoas (envolvidas no esporte ou não) e com algumas regras. Quem não as cumpria, como forma de reflexão, era mandado para um grupo paralelo que tinha o nome de Senzala. Fiz questão de esclarecer isso, imediatamente, ao próprio Marinho, que prontamente aceitou as minhas desculpas”, explicou, em nota enviada à reportagem do Uol.

O caso foi objeto de grande repercussão. Marinho gravou um vídeo indignado com agressão, e chorando. Posteriormente, Benedetti foi demitido da rádio. O comentarista afirmou respeitar a decisão da Energia 97FM, pois a estação “está sendo cobrada pelo julgamento do tribunal da internet”.

Benedetti é sócio do Santos e um movimento das redes sociais está pedindo sua exclusão do quadro associativo.

Vídeos
Últimas notícias