“Pressão é sinônimo de sucesso”, diz Jesus no Mundial de Clubes

O português ainda ressaltou que antes da possível reedição da final contra o Liverpool de 1981, o Flamengo precisar eliminar o Al-Hilal

atualizado 16/12/2019 13:57

Alexandre Vidal / Flamengo

O treinador do Flamengo concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (16/12/2019), em Doha, no Catar, um dia antes do time estrear no Mundial de Clubes contra o Al-Hilal. Ex-treinador do atual adversário, Jorge Jesus falou sobre a pressão que existe sobre os cariocas.

“É um ano de pressão, mas muito mais de satisfação. E é isso que vamos tentar passar no nosso jogo. Um prazer, uma alegria, um grande espetáculo para tentar ganhar. Essa pressão é sinônimo do sucesso. Quem não quer? Quero viver toda minha vida com essa pressão.”

Jorge Jesus ainda falou sobre o que viu de Al-Hilal e Espérance, do último sábado (14/12/2019) e ressaltou que antes da possível reedição da final contra o Liverpool de 1981, o Flamengo precisar eliminar os árabes (e os ingleses o Monterrey).

“No Brasil, fala-se muito do Liverpool e esquecem que temos um jogo antes. Esquecem por ser um time saudita, não ser da Europa e não ser valorizado. Do time que vi jogar contra o Espérance e vai enfrentar o Flamengo, só um que não é do meu tempo: o central.”

A bola rola às 14h30 (horário de Brasília), nesta terça-feira (17/12/2019). E, na quarta (18), é a vez do time de Jürgen Klopp encarar o primeiro obstáculo em direção à grande decisão, contra o Monterrey do México, no mesmo horário.

Vídeos
Últimas notícias