Presidente da Fifa confirma que não haverá Mundial de Clubes em 2020

"Há algumas situações que são mais importantes que o futebol, como a saúde, e temos que levar isso em consideração", disse Infantino

atualizado 18/09/2020 16:36

Infantino e SalahMohammed Dabbous/Anadolu Agency via Getty Images

Gianni Infantino, presidente da Fifa, revelou nesta sexta-feira (18/9) que o Mundial de Clubes de 2020 será adiado para alguma data no início do ano que vem, mantendo o Catar como sede. A decisão foi tomada em decorrência à pandemia do novo coronavírus que alterou o calendário do futebol em todo o mundo.

“Algumas confederações não vão concluir seus torneios continentais de clubes neste ano, então não será possível manter o plano original. Mas estamos conversando sobre fazer no Catar no começo do ano que vem. Há algumas situações que são mais importantes que o futebol, como a saúde, e temos que levar isso em consideração”, disse Infantino.

Esta edição do Mundial será a último no formato antigo, com sete participantes. O novo, que será com 24 times, estrearia em 2021, mas já não há data marcada para isso. A janela de junho do ano que vem está ocupada pela Copa América e Eurocopa, o que acabou suspendendo o torneio mundial.

Vídeos
Últimas notícias