*
 

Uma das principais decepções desta Copa do Mundo, a Polônia anunciou nesta terça-feira (3/7) a demissão do técnico Adam Nawalka. O treinador de 60 anos não resistiu à queda ainda na primeira fase do torneio na Rússia e teve a dispensa confirmada pela federação do país.

“Nós decidimos que o Adam Nawalka vai permanecer como técnico da Polônia até o dia 30 de julho e, depois disso, vamos procurar por um novo treinador. Vamos tentar construir a seleção nacional de uma nova forma”, declarou o ex-jogador e presidente da federação, Zbigniew Boniek.

Na Rússia, a Polônia foi eliminada na fase de grupos com uma rodada de antecipação, após derrotas para Senegal, por 2 a 1, e Colômbia, por 3 a 0. Somente na despedida, arrancou seu único triunfo na Copa, sobre o Japão, por 1 a 0. O próprio Nawalka disse após a competição se sentir responsável pelo fracasso russo.

“É claro que eu me sinto responsável por não termos correspondido à expectativa. Nós não realizamos nossos planos, ambições e as expectativas da nossa torcida. Assumo total responsabilidade por estarmos desapontados”, declarou o treinador. Ele deixará o cargo após cinco anos de trabalho à frente da seleção.