Pediu pra sair: presidente do Cruzeiro, Wagner de Sá deixa cargo

Junto a ele, saiu também o primeiro vice Hermínio Francisco Lemos e agora fica faltando apenas o segundo, Ronaldo Granata

atualizado 19/12/2019 20:10

Reprodução/Twitter

O Cruzeiro publicou nota, nesta quinta-feira (19/12/2019), informando a saída do presidente Wagner Pires de Sá e o primeiro vice-presidente, Hermínio Francisco Lemos. Os dois renunciaram seus respectivos cargos no clube.

A nota explica que as cartas de abdicação serão entregues nesta sexta (20/12/2019) ao presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, José Dalai Rocha. Ficará faltando apenas o documento assinado pelo segundo vice, Ronaldo Granata.

A instituição passará pela primeira vez pela Série B, em 2020, e toda a diretoria será reformulada. Semana passada, Zezé Perrella, ex-gestor de futebol da instituição, foi demitido por Wagner. Novos nomes ainda não foram anunciados.

Vídeos
Últimas notícias