Organizada do Cruzeiro expulsa membro que feriu criança com cadeirada

Em nota a torcida Máfia Azul, principal torcida cruzeirense, anunciou que identificou e entregou o componente à Polícia Militar

atualizado 07/10/2022 16:28

Torcida do Cruzeiro Reprodução Staff Images / Cruzeiro

A torcida organizada Máfia Azul, principal torcida do Cruzeiro, anunciou através de suas redes sociais que identificou e expulsou um componente que arremessou uma cadeira do Mineirão durante o empate entre a Raposa e Ituano em 1 x 1, na última quarta-feira (5/10), pela série B, e que acabou ferindo uma torcedora de apenas 7 anos que acompanhava a partida com o pai.

Em nota divulgada nas redes sociais da organizada, a Máfia afirma que identificou o torcedor. Trata-se de Marcos Adriano de Oliveira. Segundo a torcida, Adriano está impedido de frequentar o setor da torcida, além de festas e de adquirir artigos relacionados a agreiação por conta de sua conduta inadequada.

A torcida ainda reforçou que ” a cobrança por parte da torcida foi feita no mesmo instante”, sem especificar qual o procedimento adotado. Além disso, o comunicado da Máfia Azul afirma que o indivíduo foi encaminhado para a Polícia Militar.

 

A garota atingida foi encaminhada para o hospital e acabou sendo liberada. O agressor deve responder por tentativa de homicídio.

A equipe mineira confirmou o título na partida em questão após chegar aos 72 pontos, com 16 de vantagem para o Grêmio, 2º na tabela.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias