Nos pênaltis, Flamengo derruba o Emelec e avança na Libertadores

Após devolver o placar de 2 x 0 no tempo normal, Rubro-Negro conta com redenção de Diego Alves para chegar às quartas de final

Bruna Prado/Getty ImagesBruna Prado/Getty Images

atualizado 01/08/2019 0:50

A missão do Flamengo na noite desta quarta-feira (31/07/2019) era daquelas ruins de encarar. Depois de perder por 2 x 0 para o Emelec na quarta passada, o objetivo era vencer por três ou mais gols de diferença para chegar às quartas de final da Copa Libertadores. Não deu. Durante os 90 minutos, “apenas” devolveu o placar e a decisão foi para os pênaltis. Na marca da cal, porém, brilhou a estrela do goleiro Diego Alves. Ele pegou uma cobrança, os flamenguistas acertaram todas e o Rubro-Negro avançou.

Vaiado durante o clássico contra o Botafogo no domingo (28/07/2019), o goleiro Diego Alves fez as pazes com a torcida de forma espetacular. Ele pegou a cobrança de Arroyo e recolocou o Flamengo nas quartas de final da Libertadores após nove anos. A última vez foi em 2010, quando caiu para o Universidad de Chile.

Na próxima fase, o adversário será o Internacional, que derrubou o Nacional-URU também nesta quarta, ao vencer por 2 x 0, no Beira-Rio.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem novo compromisso no domingo (04/07/2019), a partir das 16h, diante do Bahia. O duelo será no Estádio Fonte Nova, em Salvador. Em terceiro lugar após 12 rodadas, o Rubro-Negro persegue a liderança – com 24 pontos, está a cinco do Santos.

Últimas notícias