*
 

O clube FC Barcelona confirmou, na manhã desta quarta-feira (2/8), que o atacante brasileiro Neymar da Silva Jr. informou aos companheiros que vai deixar o clube catalão. Ele, agora, segue as negociações com o clube francês Paris Saint-German, e deve se tornar o jogador mais caro na história das transferências de futebol.

O atacante se apresentou nesta manhã na Cidade Esportiva Joan Gamper, onde ocorrem os treinos do clube. O anúncio teria sido feito minutos depois da chegada de Neymar, que foi visto saindo das instalações do treino por volta das 10h (5h em Brasília).

“Neymar comunicou no vestiário que vai embora do clube e foi se despedir dos companheiros. O treinador deu a permissão para Neymar não treinar e resolver o futuro”, notificou o Barcelona.

O clube da capital francesa teria prometido dobrar o salário atual do astro, o que lhe renderia 30 milhões de euros anuais (cerca de R$ 110 milhões), e ainda desembolsar o valor da multa rescisória de contrato, de 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 812 milhões), para tirá-lo da equipe catalã.

Caso a transação se confirme, a venda de Neymar se tornará a maior negociação da história do futebol, superando os 105 milhões de euros (R$ 388 milhões, na cotação atual) pagos pelo Manchester United no ano passado para a Juventus pelo francês Paul Pogba. Porém, tanto o presidente do Barcelona, Josep Bartomeu, como o da liga espanhola, adiantaram que estudam acionar a Uefa por considerarem que a transação viola as regras de fair-play financeiro da entidade.

“O clube informou-lhes (a Neymar e seu empresário) sobre o cláusula de rescisão do seu contrato em vigor, que desde 1º de julho é de 222 milhões de euros e que deve ser pago na sua totalidade”, alertou o Barcelona.

Histórico
Aos 25 anos, o camisa 10 da seleção brasileira deseja ser eleito o melhor do mundo. Uma missão quase impossível com a concorrência do argentino Lionel Messi na sua atual equipe.

 

Neymar chegou ao Barcelona antes do início da temporada 2013/2014, adquirido junto ao Santos, em uma transação que provocou problemas na Justiça para o clube em função da suposta ocultação de parte do valor pago na negociação, o que inclusive provocou a queda do então presidente Sandro Rosell – a informação inicial era de que o time havia desembolsado 57 milhões de euros (R$ 211 milhões), mas o valor total foi de 83,3 milhões de euros (R$ 308,1 milhões).

Recentemente, em outubro de 2016, o clube catalão anunciou a ampliação do contrato do atacante brasileiro, que passou a ser válido até o término da temporada 2020/2021.

Nesse período, o atacante brasileiro disputou 186 jogos, marcou 105 gols e deu 59 assistências. No total, foram dez títulos conquistados: uma Liga dos Campeões, dois Campeonatos Espanhóis, três Copas do Rei, um Mundial de Clubes, uma Supercopa da Europa e duas Supercopas da Espanha.

E uma das suas atuações memoráveis foi exatamente diante do PSG, na ultima edição da Liga dos Campeões, quando marcou dois gols e deu duas assistências na vitória por 6 a 1, resultado que classificou o time às quartas de final da Liga dos Campeões. (Com informações da Agência Estado)

 

 

COMENTE

neymarBarcelonaPSG
comunicar erro à redação

Leia mais: Futebol