Na mira do Inter, Alexandre Pato acerta rescisão de contrato com São Paulo

O jogador não vinha sendo aproveitado pelo técnico Fernando Diniz e está na mira do Colorado

atualizado 19/08/2020 19:43

Alexandre Pato com a mão na orelhaReprodução/Twitter

O São Paulo e o atacante Alexandre Pato acertaram nesta quarta-feira (19/8) a rescisão do contrato, que era válido até o fim de 2022. O jogador não vinha sendo aproveitado pelo técnico Fernando Diniz e está na mira do Internacional, que busca um atacante após perder Guerrero, lesionado.

0

Para rescindir com o São Paulo, Alexandre Pato vai abrir mão dos valores que iria receber até o fim do vínculo e das luvas que estavam atrasadas. Tudo isso gira em torno de R$ 35 milhões.

Pato foi contratado em março de 2019. Ele pagou 2,5 milhões de euros (R$ 11 milhões na época) para rescindir com o Tianjin Tianhai, da China, com o acordo de ser ressarcido. O São Paulo pagou 300 mil euros (R$ 1,3 milhão na época) em 2019 e teria de bancar mais 2,2 milhões de euros (R$ 9,7 milhões) parcelados em três vezes, de 2020 até o fim do contrato em 2022.

Em relação aos salários, Pato passou a ganhar cerca de R$ 700 mil por mês neste ano, contando CLT, direitos de imagem e luvas. Em 2019, ele recebeu R$ 200 mil por mês.

Aos 30 anos, Pato se despediu dos companheiros nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda. Com a rescisão com o São Paulo, a tendência é de que ele acerte com o Internacional. As partes já conversam, e o clube gaúcho, tem pressa para definir a contratação, porque Guerrero sofreu lesão grave no joelho direito e só voltará a jogar em 2021.

Em 2020, Pato marcou quatro gols em 13 jogos. Nas duas passagens do atacante pelo São Paulo, foram 47 gols em 136 partidas.

Vídeos
Últimas notícias