Marcinho, ex-Botafogo, prestará esclarecimentos sobre atropelamento

O jogador se pronunciou via assessoria de imprensa, não deu detalhes sobre o acidente e diz que está dando "todo o suporte" aos envolvidos

atualizado 01/01/2021 14:49

Marcinho, lateral do BotafogoVitor Silva/Botafogo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro aguarda o lateral-direito Marcinho, ex-Botafogo, para prestar depoimento sobre o atropelamento a um casal, na noite dessa quarta-feira (30/12). O jogador estaria ao volante no momento do acidente que provocou a morte do homem e deixou a mulher em estado grave.

Marcinho se pronunciou sobre o caso via assessoria de imprensa. A nota não informa se era ele quem estava dirigindo e afirma que o pai, Sérgio de Oliveira, também prestará esclarecimentos à Polícia.

“A família do atleta sente muito pelo ocorrido e está dando todo suporte necessário aos envolvidos. O pai do lateral, Sérgio de Oliveira, prestará depoimento, assim como o atleta, durante os próximos dias, de forma exclusiva às autoridades”, diz o comunicado.

0

A polícia acredita que o automóvel, um Mini Cooper, estaria sendo dirigido pelo lateral-direito do Botafogo. O carro foi rebocado para o apartamento do jogador, na Avenida Sernambetiba, perto de onde ocorreu o acidente.

O acidente

Os professores Maria Cristina José Soarea e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170, quando foram atropelados. O motorista fugiu sem prestar socorros.

Vídeos
Últimas notícias