Jornal diz que Pochettino cortou privilégios de Neymar e Mbappé no PSG

Ao contrário do que ocorria com Thomas Tuchel, o argentino ignorou o pedido dos jogadores e trocou os treinos para o período da manhã

atualizado 27/01/2021 10:10

Neymar e MbappéAurelien Meunier/Getty Images

Prestes a completar um mês à frente do Paris Saint-Germain, o argentino Mauricio Pochettino está cheio de moral. Além da invencibilidade, ele conquistou o título da Supercopa da França e tem sido elogiado pela intensidade dos treinamentos. Nesta quarta-feira (27/1), o jornal L’Equipe traz uma reportagem na qual aponta que o treinador cortou privilégios de jogadores como Neymar e Mbappé e a atitude foi bem recebida no grupo.

De acordo com o jornal francês, a primeira grande mudança de Pochettino foi no horário de treinamentos. Ao contrário do que ocorria com o antecessor, Thomas Tuchel, o argentino ignorou o pedido dos jogadores e trocou as atividades para o período da manhã. Ainda segundo a reportagem, o acordo entre atletas e o técnico alemão visava dar mais tempo para dormir.

A transformação com Pochettino, no entanto, não se resume aos treinamentos. A exigência pelo respeito ao esquema tático é ferrenha e inclui os principais jogadores, Neymar e Mbappé. O L’Equipe destaca que a dupla, agora, tem mais funções defensivas e é cobrada por isso. O francês, aliás, teria sido criticado por ficar mais tempo na academia do que nos trabalhos em campo.

0
Champions League como alvo

A linha dura de Pochettino estaria sendo bem aceita pelo grupo. Isso porque o grande objetivo é o duelo contra o Barcelona, em 16 de fevereiro, válido pelas oitavas de final da Champions League. Os bons resultados no início de trabalho são decisivos para continuar com o aval em relação às mudanças.

Vídeos
Últimas notícias