Jogadores e clubes lamentam a morte de Diego Maradona

O ídolo argentino e mundial, tido como um dos maiores da história do futebol ao lado do Rei Pelé, deixou uma legião de fãs desolados

atualizado 25/11/2020 18:55

MaradonaJean-Yves Ruszniewski/Corbis/VCG via Getty Images

Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25/11), aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O ídolo argentino e mundial, tido como um dos maiores da história do futebol ao lado do Rei Pelé, deixou uma legião de fãs desolados.

0

O perfil oficial da seleção Argentina lamentou a perda da lenda: “Adeus, Diego. Você será eterno em cada coração do planeta do futebol.”

O Boca Juniors escreveu “Obrigado eternamente”. Maradona passou seus últimos anos de carreira no clube e fez história por lá.

O Napoli, onde o argentino passou sete anos de sua carreira e é ídolo, também prestou homenagem a Maradona: “Para sempre. Adeus, Diego”.

A Federação Argentina de Futebol disse que Maradona “sempre estará em nossos corações” e expressou “sua mais profunda tristeza pela morte de nosso lendário Diego Armando Maradona”.

Em suas redes sociais, Pelé prestou homenagem a seu “grande amigo”. Confira:

O Gimnasia La Plata, clube no qual Maradona era treinador atualmente, publicou a mensagem: “Com profunda dor e tristeza, lamentamos a morte de Diego Armando Maradona, nosso querido DT.”

O camisa 10 do Barcelona e da seleção argentina, Lionel Messi, falou que o dia 25 de novembro de 2020 é “um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol.”

Cristiano Ronaldo se despediu de Maradona, “um dos melhores de todos os tempos. Um mágico inigualável”, disse.

A Rainha do futebol, Marta, disse estar “arrasada, triste, chocada” com o falecimento da lenda argentina.

Neymar se despediu da “lenda”, como ele mesmo chamou, fazendo uma publicação em seu perfil do Instagram, com uma foto de Maradona erguendo a taça da Copa do Mundo de 1986.

Vídeos
Últimas notícias