Jardine elogia postura da Seleção Olímpica em amistoso com a Colômbia

Debaixo de muita chuva numa noite fria em São Paulo, o Brasil soube se comportar e bateu o rival por 2 x 0

Mauro Horita/CBFMauro Horita/CBF

atualizado 06/09/2019 10:02

Atitude. Essa foi a palavra usada por André Jardine para descrever a vitória da Seleção Olímpica por 2 x 0 sobre a Colômbia na noite dessa quinta-feira (05/09/2019). Em uma partida em que nem tudo saiu como o planejado, coube ao Brasil achar suas respostas da maneira que o jogo lhe permitiu: na raça.

Debaixo de muita chuva numa noite fria em São Paulo, a Seleção começou a partida pressionando os colombianos. O primeiro gol do jogo, marcado por Pedrinho, do Corinthians, veio depois de uma forte pressão de Cunha, provocando o erro do adversário.

“Valorizei muito isso já no intervalo. A gente trabalhou diversas situações ofensivas nos dois treinos. Tivemos muito foco na questão tática, nos caminhos que temos para construir nossos gols. Mas muitas vezes os jogos vão ser resolvidos pela atitude, na base da agressividade. Hoje (quinta), foi um exemplo. Tivemos em Toulon uma equipe que construía seus próprios gols, com padrão. Os dois treinos cobraram sua conta no jogo, mas, quando é assim, geralmente a atitude acaba tendo que compensar. E eles estão de parabéns pela postura que tiveram” destacou o técnico André Jardine após a vitória.

O segundo gol brasileiro também saiu após uma marcação forte de Cunha, que roubou a bola e lançou Antony. Depois da jogada do atacante do São Paulo, ela sobrou para o camisa 9 ampliar o marcador.

Mesmo com o 2 x 0 no placar, Jardine não deixou de orientar o time. Os berros à beira do campo resumem bem o sentimento de um técnico que sabe que cada etapa é fundamental para a conquista da vaga nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

O próximo teste será na segunda-feira (09/09/2019), contra o Chile, também no Pacaembu, às 20h. E o técnico quer aproveitar cada oportunidade de testar os jogadores que podem representar a Seleção no Pré-Olímpico de janeiro, na Colômbia.

“É ver como eles encaram o jogo, como é para eles a sensação de vestir a camisa da Seleção, como lidam com a parte emocional. Não são todos que reagem de forma positiva. Não é uma promessa, mas faremos toda força para colocar, pelo menos em algum momento do jogo, todos os jogadores que estão aqui neste elenco”, adiantou o treinador.

(Com informações da Confederação Brasileira de Futebol)

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo42
W W W W W
2Palmeiras39
D L W W W
3Santos37
L D W D L
4Internacional33
W L W W W
5Corinthians32
W D W D L
6São Paulo32
W L D L D
7Bahia31
D W W W D
8Grêmio28
D W D W W
9Atlético-MG27
L L L L L
10Botafogo27
L D L W D
11Athletico-PR26
L L W D L
12Vasco23
L W L L W
13Ceará22
L L L D D
14Fortaleza22
L D W L D
15Goiás21
D W L L L
16Fluminense18
L L W L W
17Cruzeiro18
W D W L L
18CSA16
W D L W D
19Chapecoense14
W D L L L
20Avaí13
L D W L W
Últimas notícias