*
 

A Inglaterra realizou nesta terça-feira (10/7) o último treinamento antes da semifinal da Copa do Mundo diante da Croácia, que acontecerá nesta quarta (11), em Moscou. Os 15 minutos abertos à imprensa mostraram a equipe em um clima leve e descontraído. Na hora do aquecimento, os jogadores brincaram com um frango de borracha – as imagens do artilheiro Harry Kane durante a brincadeira foram divulgadas pelas redes sociais da seleção inglesa. Henderson e Sterling também mostraram entusiasmo com a brincadeira. Não foram divulgadas informações sobre o método da atividade, mas ela foi usada como um treino lúdico para os atletas se aquecerem.

Para o treinador Gareth Southgate, o importante agora é manter a energia e o equilíbrio psicológico, pois os treinamentos são repetitivos. “Nossos cronogramas estão definidos agora, é uma espécie de ‘corte e colagem’ para os dias que levam ao jogo. Temos que manter a simulação mental no lugar certo, porque a rotina é boa, mas também você não quer o tédio, não quero uma perda de energia. Acho que, para um jogo como este, há energia suficiente e excitação suficiente, de modo a manter as coisas como estão”, afirmou o Gareth Southgate.

O atacante James Vardy e o meio-campista Jordan Henderson participaram do início da atividade e devem estar à disposição para a semifinal, nesta quarta, às 15h, em Moscou.

 

A Inglaterra está jogando as semifinais pela terceira vez em sua história. Em 1966, venceu Portugal e chegou à final, conquistando o título em casa sobre a Alemanha. Em 1990, perdeu justamente para os alemães. É a primeira que os ingleses chegam à semifinal em 28 anos.

O zagueiro Harry Maguire demonstrou otimismo com as chances da Inglaterra conquistar o título mundial. “Temos sido muito fortes em todos os jogos, sentimos que estamos ficando mais confiantes. E há uma grande crença entre nós de que podemos ir para a final. Nós deixamos o país orgulhoso e esse era o nosso objetivo no início da competição. Queríamos colocar orgulho na camisa. Nós sentimos que fizemos isso, mas agora podemos ver luz no fim do túnel. Todos estão obviamente empolgados e nós também”, disse o defensor ao site da Fifa.