Honda não é regularizado e estreia pelo Botafogo é adiada

O nome do jogador deveria aparecer no BIRA (sistema de inscrições da Federação de Futebol do Rio) nesta quarta-feira

atualizado 26/02/2020 21:30

A torcida do Botafogo terá de esperar um pouco mais para ver Keisuke Honda em campo. O clube não conseguiu regularizar o registro do japonês para ele estrear na partida contra o Boavista, domingo (01/03/2020), no Engenhão, pela primeira rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

O nome do jogador deveria aparecer no BIRA (sistema de inscrições da Federação de Futebol do Rio) nesta quarta-feira (26/02/2020), mesmo que com alguma pendência. Era necessário cumprir o procedimento para regularizá-lo no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até esta quinta-feira, já que o atleta precisa ser inscrito um dia antes do início da rodada. A Taça Rio começa na sexta.

A falta de regularização frustra os planos do técnico Paulo Autuori. O treinador confiava que poderia escalar Honda contra o Boavista e, por isso, testou o japonês entre os titulares em jogo-treino contra o Madureira, nesta quarta, quando o Botafogo venceu por 3 x 1.

O próximo compromisso após o jogo contra o Boavista será o clássico com o Flamengo, dia 7 de março, no estádio do Maracanã. O problema é que o confronto não terá transmissão pela TV por causa da falta de acordo do clube rubro-negro com a Rede Globo.

A diretoria do Botafogo entende que o ideal é que o primeiro jogo de Honda seja televisionada. Além disso, o clube entende que seria muito mais benéfico que o confronto fosse no Engenhão para ser feita uma grande festa para os torcedores.

Neste cenário, o japonês só deve estrear pelo Botafogo no dia 15 de março, quando o time recebe o Bangu, pela terceira rodada da Taça Rio.

Últimas notícias