Honda continua desabafo contra Botafogo: “Não sou empregado, sou parceiro”

Meia já havia se pronunciado ameaçando deixar o clube e foi criticado por parte da torcida

atualizado 30/12/2020 18:08

Vitor Silva / Botafogo

Após ameaçar sair do Botafogo, o meia japonês Keisuke Honda manteve o tom duro contra o clube e a má fase pela qual o Alvinegro passa.

Por meio do seu Twitter, o japonês afirmou que não se arrependeu das críticas feitas na última sexta-feira. “Eu não me arrependo do que eu disse ontem porque é importante para mim. Eu não sou apenas um empregado, eu sou um parceiro”, afirmou.

Ele completou, pedindo mais transparência sobre os acontecimento do clube. “Então, eu deveria saber de tudo. E vocês deveriam saber de tudo”.

O Botafogo encontra-se em situação complicada no Campeonato Brasileiro. É o vice-lanterna, com quatro pontos a mais que o último lugar, o Goiás.

Vídeos
Últimas notícias