Galvão Bueno se choca com agressão a árbitro no RS: “É caso de polícia”

Caso aconteceu na noite desta segunda-feira, no jogo entre Sport Clube São Paulo e Guarani, válido pela Séria A2 do Gauchão

atualizado 05/10/2021 9:46

Reprodução/Vídeo

Uma cena aterrorizante chocou o futebol brasileiro na noite desta segunda-feira (5/10). Em um jogo válido pela série A2 do Gauchão, um atleta do São Paulo-RS agrediu o árbitro do jogo, que teve que sair do campo de ambulância. Caso esse que, segundo Galvão Bueno, deveria ser levado à polícia.

Durante o “Bem, amigos”, televisionado pela Rede Globo, o narrador condenou as atitudes de William Ribeiro, jogador do Sport São Paulo, que agrediu, covardemente, o árbitro Rodrigo Crivellaro.

“Eu nunca vi nada tão violento, nada tão covarde, nada tão violento no futebol como essa cena que vamos mostrar agora. No meu Rio Grande do Sul querido, jogo entre o Guarani-RS e o São Paulo-RS. O jogador está preso. Que é isso? Olha só! É um ato criminoso, é uma coisa absurda. Se somarmos aqui todos os anos que nós temos aqui, Bodão (Marco Antônio Rodrigues) e eu nem vale, já dá mais de 50 anos, mas gente, mostra essa imagem outra vez, ela é horrorosa, é inaceitável, nunca vimos isso”, disse Galvão.

O apresentador classificou as imagens como algo chocante. “Eu nunca imaginei que poderia ver uma coisa dessas. É caso de processo, caso de polícia. Vamos torcer aqui para que o Rodrigo Crivellaro esteja bem no hospital, a informação que nós temos é que ele está no hospital”, expressou ele.

Após as agressões, William teve voz de prisão e foi conduzido à delegacia por tentativa de homícidio. “Eu estava pensando aqui no William Ribeiro. Não sei se ele tem filhos, pai e mãe vivos, mas não tinha como. Não podia esperar outra atitude da polícia do Rio Grande do Sul, eles são muito firmes e muito corretos. Eu tenho muito respeito por isso. Eu lamento, mas é uma atitude absolutamente imperdoável”, finalizou um apreensivo Galvão Bueno.

O lance ocorreu por volta de 16 minutos do segundo tempo, com vitória parcial do Guarani por 1 x 0. William Ribeiro derrubou Crivellaro, e com o árbitro no chão, chutou a cabeça do juiz da partida.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Vídeos
Últimas notícias