Fluminense vence o Palmeiras e respira na briga contra a degola

Em jogo fraco, Tricolores Cariocas apresentaram um pouco mais de objetividade e saíram com a vitória graças a belo gol de Marcos Paulo

DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 28/11/2019 21:22

Com diversos titulares poupados, o Palmeiras fez um jogo fraco na noite desta quinta (28/11/2019), no Maracanã. O Fluminense, que também não fez um grande jogo, apresentou um pouco mais de objetividad e, com um belo gol de Marcos Paulo, saiu com a vitória por 1 x 0 do confronto.

O resultado foi de extrema importância para o Fluminense, que continua na luta contra o rebaixamento. O Tricolor Carioca chegou aos 41 pontos, cinco de distância do Cruzeiro, que ainda jogará na rodada, contra o CSA.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o lanterna da competição, o Avaí, na Ressacada, domingo, às 16h. O Palmeiras, que ainda luta pela vice-liderança do Brasileirão, recebe o campeão Flamengo, também no domingo, na Arena Palmeiras.

O jogo
O começo da partida foi bastante estudado, com ambos os times trocando passes longe da meta adversária, procurando brechas para preparar seus ataques. No entanto, com as defesas bem montadas, nem Palmeiras nem Fluminense conseguiram levar perigo ao gol oponente.

Com o decorrer da etapa inicial, o Palmeiras foi dando espaço para o Fluminense avançar. O Tricolor Carioca, no entanto, pecou no último toque e não conseguiu abrir o placar no Maracanã.

A situação mudou aos 37. Após falta batida na área, a defesa do Palmeiras vacilou, não conseguiu limpar a jogada e a bola sobrou para Marcos Paulo, com muita categoria, colocar a bola na “bochecha” do gol, inaugurando o placar a favor do Fluminense.

Após o gol, o Palmeiras se lançou ao ataque e o duelo ficou mais aberto, com ambos os times avançando sua linha buscando o gol. O placar da primeira etapa, no entanto, permaneceu inalterado.

2º tempo
Tendo criado pouco no 1º tempo, o Palmeiras voltou para a etapa complementar com Dudu no lugar de Hyoran. Nos primeiros minutos do 2º tempo, no entanto, o jogo permaneceu truncado, sem grandes oportunidades.

A dinâmica do duelo não mudou, com o Fluminense apresentando um pouco mais de qualidade no toque de bola e mais objetividade no ataque, sem também levar perigo ao gol de Weverton.

Últimas notícias