Flamengo perde Gabigol aos 9 minutos, sofre virada, mas supera Bahia no fim

Bruno Henrique, Isla, Pedro e Vitinho fizeram os gols da vitória do rubro-negro por 4 x 3

atualizado 20/12/2020 20:26

Alexandre Vidal

Flamengo e Bahia fizeram um jogo bastante movimentado neste domingo (20/12), no Maracanã, pela 26ª rodada do Brasileirão. Após abrir 2 x 0 com Bruno Henrique e Isla, o rubro-negro viu Juan Ramírez e Gilberto, duas vezes, virarem para o tricolor, mas conseguiram a retomada com Pedro e Vitinho.

Com menos um jogador — Gabigol foi expulso no início do primeiro tempo — e os nervos à flor da pele, o time comandado por Rogério Ceni quase deixou escapar três pontos importantes. Na missão de seguir na cola do São Paulo, o Flamengo agora tem 48 pontos, contra 53 do líder tricolor.

O jogo

Bruno Henrique acertou um lindo chute no ângulo esquerdo de Douglas e abriu o placar para o Flamengo já aos 4 minutos de bola rolando. Aos 9, Gabigol reclamou de um empurrão na entrada da área, o árbitro não marcou a falta, o artilheiro falou algo e o juiz mostrou o cartão vermelho para ele. O atacante ficou revoltado com a expulsão, demorou muito para deixar o campo e saiu esbravejando, dizendo “não jogo mais aqui”.

Com 10 jogadores, o Flamengo deu mais espaços para o Bahia, mas o Esquadrão Tricolor não conseguiu aproveitar as oportunidades. E, aos 32, os donos da casa conseguiram ampliar a vantagem. Gerson lançou Bruno Henrique dentro da área e o camisa 27 fez o toque para trás para a chegada de Isla. De canhota, o lateral guardou no canto direito do goleiro baiano.

Depois do intervalo, o Bahia conseguiu diminuir a diferença rapidamente, aos 5 minutos. Juan Ramírez recebeu na grande área, limpou Natan e guardou no fundo das redes de Diego Alves. Cinco instantes depois, Gilberto fez uma jogada muito parecida com o gol de Bruno Henrique. Ele recebeu pela esquerda, puxou para o meio e meteu a bomba no mesmo ângulo que o camisa 27 do Flamengo acertou no início do jogo.

Logo depois, aos 13, Rossi cobrou escanteio pela direita e Gilberto subiu mais alto que todo mundo e fez o gol da virada do Bahêa. Assustado com a reação do adversário, o Flamengo precisou reagir e mandou uma bola na trave, aos 18 minutos, no chute de João Gomes.

No minuto 36, Filipe Luís cruzou para Pedro que apareceu livre e só precisou colocar o corpo para estufar as redes de Douglas, igualando o placar novamente. Aos 38, Diego Alves fez duas defesas seguidas, salvando o Flamengo de tomar o 4º gol.

Já aos 44, Filipe Luís roubou a bola de Rossi no campo de defesa e avançou sozinho, e entregou para Bruno Henrique que viu Pedro dentro da área e mandou para ele. O atacante deu o passe de primeira para Vitinho que estava infiltrando, o camisa 11 disputou com Douglas e deu um toquinho para o gol.

Vídeos
Últimas notícias