Ex-jogador que fez história na Copa do Mundo morre de coronavírus

Ahmed Radhi, 56 anos, foi o autor do único gol marcado pela seleção iraniana em um Mundial

atualizado 22/06/2020 12:37

Fifa/Reprodução

Considerado uma lenda do futebol do Irã, o ex-jogador Ahmed Radhi morreu aos 56 anos, vítima do coronavírus. Radhi foi o autor do único gol marcado pela seleção iraquiana em uma edição de Copa do Mundo.

Radhi foi internado em Bagdá na semana passada, mas recebeu alta na quinta-feira depois de apresentar melhoras. No domingo, ele não resistiu e morreu.

A Fifa utilizou seu perfil oficial para fazer uma homenagem ao ex-atleta. O gol marcado por Radhi em uma Copa aconteceu no Mundial de 1986. Foi em uma partida entre Iraque e Bélgica, que sua seleção perdeu por 2 x 1.

O Iraque registrou cerca de 30 mil casos do novo coronavírus e mil mortes em decorrência da doença.

Vídeos
Últimas notícias