Ex-assistente do Barcelona: “Stress de Messi era insuportável para colegas”

Juan Carlos Unzue trabalhou no clube com o técnico Luis Enrique entre 2014 e 2017

atualizado 11/12/2020 17:44

Messi BarcelonaAlex Caparros/Getty Images

Juan Carlos Unzue trabalhou como assistente técnico do Barcelona entre 2014 e 2017, junto ao técnico Luis Enrique. Durante o seu tempo na Catalunha, ele observou que nem todos os jogadores do clube conseguiam lidar com o stress de jogar com Lionel Messi.

“O que mantém Messi onde ele está é sua ambição e como conviver com momentos de stress”, disse ao canal do YouTube Idolos. “Ele exige demais de si mesmo para continuar sendo o melhor e, como resultado, também quer os melhores ao seu redor. Companheiros, fisioterapeutas, técnico. Isso causa um grande stress e alguns companheiros não são capazes de suportar”.

Apesar da dinâmica, Unzue admitiu que ainda assim ficou surpreso com a especulação da saída do jogador na última janela de transferências. “A verdade é que eu fiquei surpreso, porém, conhecendo o clube e Leo, eu entendo que ele deveria ter razões muito importantes para tomar essa decisão”.

Essa não é a primeira vez que alguém diz como é difícil jogar com Messi. Em 2017, Paolo Dybala admitiu dificuldades para jogar ao lado do camisa 10 na Argentina.

0

Vídeos
Últimas notícias