Em casa, Corinthians tropeça e leva virada do Red Bull Bragantino

O time comandado por Sylvinho saiu na frente, mas jogou mal no segundo tempo, foi dominado e levou a virada

atualizado 16/06/2021 23:50

CORINTHIANS X RB BRAGANTINOPETER LEONE/ESTADAO CONTEUDO

A boa sequência de três partidas sem perder do Corinthians foi encerrada na noite desta quarta-feira (16/6). O time comandado por Sylvinho saiu na frente, mas jogou mal no segundo tempo, foi dominado e levou a virada Red Bull Bragantino na Neo Química Arena.

Roni abriu o placar no primeiro tempo, mas Aderlan e Eric Ramires garantiram marcaram na etapa final e garantiram a vitória por 2 x 1 dos visitantes.

O Bragantino permanece invicto no Brasileirão, com duas vitórias e dois empates, e sobe na tabela. Soma oito pontos e se aproximou dos líderes Fortaleza, Athletico-PR e Atlético-MG. O Corinthians, que dava indícios de que iria evoluir na temporada, parou nos quatro pontos e segue patinando.

A partida

O Bragantino teve quase 70% de posse de bola na primeira etapa, muito volume de jogo, mas foi o objetivo, pragmático e empenhado Corinthians que saiu na frente. Os anfitriões pressionaram a saída de bola do rival, tiveram paciência, boa troca de passes e contaram com a participação importante de Gustavo Mosquito até abrir o placar.

Foi do atacante a jogada que resultou no gol de Roni. Mosquito, de novo o mais incisivo da equipe, cruzou da direita rasteiro para o jovem Roni, que furou de primeira, mas não desperdiçou na segunda tentativa. A bola ainda pegou na trave antes de entrar aos 18 minutos.

Depois disso, o Bragantino empurrou o Corinthians para trás e fez uma pressão intensa. Sem Claudinho, no entanto, o time do interior paulista não teve a criatividade necessária para romper o bloqueio defensivo do adversário. Tentou pelos lados, com Artur e Helinho, mas o Corinthians levou a melhor e Cássio pouco trabalhou no primeiro tempo.

Na etapa final, contudo, a história mudou. O Bragantino ainda sofreu com a falta de criatividade, mas fez um gol cedo e passou a jogar à vontade. Aos seis minutos, Artur cobrou escanteio e Aderlan se antecipou a Gabriel e Cantillo para desviar de cabeça e empatar a partida na Neo Química Arena.

O time de Bragança Paulista assumiu o controle da partida e, mais organizado e com mais recursos que o rival da capital, que cometeu muitos erros, fez uma pressão em busca da virada. Fabrício Bruno mandou de cabeça por cima, Lucas Evangelista foi travado por Gil e Artur parou em Cássio.

Depois de finalizar 13 vezes e encurralar o Corinthians, o Bragantino chegou ao gol da virada aos 39 minutos. Ele saiu dos pés de Eric Ramires, que entrara no segundo tempo na vaga de Pedrinho. O meio-campista tabelou com Ytalo e finalizou duas vezes até ver a bola passar por baixo de Cássio e entrar. Gol que garantiu a vitória dos visitantes, invictos no torneio.

Já a equipe de Sylvinho não deslancha na temporada. Os atletas saíram irritados com a arbitragem pois entenderam que houve falta no lance do gol do rival.

O Bragantino abre a quinta rodada do Campeonato Brasileiro contra o Flamengo no próximo sábado (19/6), às 21h, no Maracanã. Domingo (20/6), às 16h, o Corinthians visita o Bahia em Salvador.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias