Em canto homofóbico contra cruzeirenses, atleticanos citam Bolsonaro

Autores da agressão a adversários em jogo no Mineirão são criticados até por representantes da torcida do Galo

atualizado 16/09/2018 22:25

Foto: Carlos Jr/Futura Press/ Estadão

Parte da torcida do Atlético presente no clássico deste domingo (16/9) contra o Cruzeiro, no Mineirão, usou cantos homofóbicos para atacar o público adversário. Esse tipo de atitude não é novidade nos estádios brasileiros, mas dessa vez os atleticanos usaram o nome do candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) na agressão aos torcedores do time azul.

https://twitter.com/pedrosadanillo/status/1041456092075761664

“Ô cruzeirense, toma cuidado, o Bolsonaro vai matar viado”, cantaram os atleticanos. O gesto foi registrado em vídeo e condenado até por torcedores alvinegros, que pediram à diretoria do Galo uma posição contra a incitação à violência, combatida pelo estatuto do torcedor. O jogo valeu pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

As informações são do Estado de Minas.

Vídeos
Últimas notícias