Diego Alves decide nos pênaltis e o Flamengo é campeão da Supercopa

Raphael Veiga fez os dois gols do Verdão, Gabigol e Arrascaeta fizeram os do Mengão e Diego Alves foi melhor no duelo com Weverton

atualizado 11/04/2021 15:54

Flamengo x Palmeiras Supercopa do Brasil 2021Igo Estrela/Metrópoles

Flamengo e Palmeiras se enfrentaram no Mané Garrincha, em Brasília, neste domingo (11/4), em duelo válido pela decisão da Supercopa do Brasil. O empate de 2 x 2 no tempo normal levou a disputa para os pênaltis e o Flamengo levou a melhor, erguendo a taça de campeão.

0

Raphael Veiga fez os dois gols do Verdão, Gabigol e Arrascaeta fizeram os do Mengão e Diego Alves decidiu nas penalidades. O time comandado por Rogério Ceni se sagra como o melhor time do Brasil após a conquista do Brasileirão de 2020.

O jogo

Sem dar tempo para aquecer os motores, Raphael Veiga abriu o marcador logo no primeiro minuto de bola rolando. Da intermediária, Felipe Melo tocou de cabeça pra ele e, de costas para Arão, o camisa 23 deu um drible da vaca no zagueiro com leve toque de calcanhar, saiu cara a cara com Diego Alves e bateu de trivela pro fundo das redes.

Em ritmo altíssimo, as equipes seguiram em busca dos gols e marcando em pressão o tempo todo. Aos 18 minutos, Diego tentou de fora da área, a bola desviou e foi no canto de Weverton, mas o goleiro voou para impedir que ela entrasse.

O gol de empate do Flamengo saiu aos 22 minutos após linda jogada de Filipe Luís. O lateral recebeu passe de Arrascaeta dentro da grande área e entrou rabiscando, passando por três marcadores e batendo firme em direção ao gol. A redonda carimbou a trave e caiu nos pés de Gabigol que estava livre, debaixo das traves e guardou o dele.

0

No minuto 28, o Palmeiras teve uma chance clara de voltar à frente do placar com Breno Lopes. O autor do gol do título do alviverde na Libertadores infiltrou na diagonal dentro da área, recebeu em velocidade e conseguiu driblar Diego Alves antes da finalização. O gol estava aberto, mas Diego acreditou no lance e apareceu na frente da bola, salvando o Flamengo de tomar o segundo gol.

Aos 37, após muita reclamação e mesmo depois de já ter recebido o primeiro cartão amarelo, Abel Ferreira acabou sendo mandado para o vestiário mais cedo. Três instantes depois, houve polêmica de arbitragem e o VAR atuou quando o Vuaden marcou pênalti para o Palmeiras. No entanto, após a revisão, sem precisar ir à cabine, ele voltou atrás e assinalou falta por um pé fora da área. Raphael Veiga cobrou, mas Diego Alves fez a defesa.

Quando o relógio marcava 44, Gabigol fez boa jogada individual e passou para Bruno Henrique. O camisa 27 dominou, engatilhou o chute, mas Weverton fechou bem o ângulo e fez linda defesa. Já nos últimos minutos, aos 48, Arrascaeta recebeu pela esquerda, puxou para o meio e caprichou na finalização, virando para o Flamengo, sem chances para o guardião do Porco.

2º tempo

Com a mesma sede de balançar as redes, os campeões do Brasil voltaram do intervalo a todo vapor, a houve uma chance para cada lado logo no início. Aos 16 minutos, Rony cruzou na cabeça de Gustavo Gómez e o paraguaio finalizou bem para a defesa de Diego Alves.

Dois instantes depois, foi a vez de Gabriel Veron testar o arqueiro rubro-negro, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo, passando muito perto da meta e assustando Diego.

Aos 26, o árbitro marcou pênalti de Rodrigo Caio em Rony após o zagueiro puxar o atacante dentro da área. Raphael Veiga chamou a responsabilidade e bateu muito bem, firme, no canto esquerdo de Diego Alves, que caiu para o lado certo, mas não teve chances.

No minuto 39, Vitinho recebeu passe de Arrascaeta pela direita e chuta forte rasteiro. A bola bate na trave e fica segura com Weverton, que deu um beijo nela depois do susto.

Aos 48, Gabigol levou a melhor na dividida dentro da área, também pela direita, e acreditou mesmo sem ângulo. O goleiro do Palmeiras tentou defender, a bola passou dele, mas ele se recuperou e fez um milagre, impedindo a redonda de entrar, em cima da linha.

Pênaltis

O apito final confirmou o empate dentro dos 90 minutos e a decisão foi para os pênaltis. Raphael Veiga abriu as cobranças e guardou o primeiro da sequência. Arrascaeta foi em seguida e empatou. O zagueiro Gustavo Gómez também balançou as redes.

Na vez de Filipe Luís ele acertou o travessão, deixando 2 x 1 para o Palmeiras. Scarpa foi o próximo e ampliou a vantagem. O garoto Matheuzinho bateu para o Flamengo e Weverton fez linda defesa. Na seguinte, Luan bateu e foi a vez de Diego Alves pegar. Vitinho guardou o dele também e deu esperança para os cariocas. Danilo foi para a quinta e última cobrança e mandou para fora, agora empatando em 3 x 3.

0

Gabigol guardou o dele e abriu a contagem para as cobranças alternadas. O uruguaio Viña converteu em gol a sua batida. João Gomes finalizou a meia-altura, Weverton chegou a tocar nela, mas não impediu de tocar as redes. Chegou a vez de Gabriel Menino e ela parou em Diego Alves.

No pênalti decisivo, Pepê também parou em Weverton. Veron deixou o dele e Michael colocou a bola na marca e empatou novamente. Diego Alves brilhou mais uma vez na cobrança de Mayke e deixou a decisão para Rodrigo Caio. O zagueiro guardou no cantinho e correu para gritar: É campeão!

Vídeos
Últimas notícias