Craque alemão na Euro foi reprovado como policial por problema físico

Seu pai, Holger, contou ao Goal que "ele falhou na Renânia do Norte-Vestfália porque suas pernas diferem em 0,5 milímetros"

atualizado 24/06/2021 13:22

Robin Gosens Alemanha EurocopaHarry Langer/DeFodi Images via Getty Images

Robin Gosens, 26 anos, destaque da seleção alemã nesta Eurocopa, poderia não estar contribuindo para vitórias do seu país dentro de campo. Isso porque antes de se tornar jogador de futebol profissional na Holanda ele tentou ser policial.

O lateral tem dupla nacionalidade holandesa e deu os primeiros passos no esporte no Vitesse, mas antes da carreira deslanchar ele enviou pedido para entrar pra polícia. No entanto, Gosens foi recusado por ter uma perna menor que a outra.

Seu pai, Holger, contou ao Goal que “ele falhou na Renânia do Norte-Vestfália porque suas pernas diferem em 0,5 milímetros, mas em Rheinland-Pfalz ele passou no primeiro teste”. Mas, mesmo assim, ele insistiu que o filho seguisse no futebol.

Gosens brilhou na vitória da Alemanha sobre Portugal por 4 x 2, dando assistência para Haverts no terceiro e fazendo o gol que fechou o caixão. Fora da seleção, ele atua no futebol italiano, pelo Atalanta.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias